Você realmente está seguro na sua casa? Acidentes não são poucos no Brasil.

Acidentes domésticos causam muitas mortes nos Brasil e no mundo. Crianças e idosos são as principais vítimas. Entenda um pouco mais sobre isso e a importância de se precaver quanto a isso. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 5 mil pessoas são vítimas fatais anualmente por acidentes domésticos. Não caia nessa armadilha...

Aposto que você sabe que sua casa é um investimento. Aposto e ganho, que você sabe que sua casa é muito mais que isto. Mas, já pensou que sua casa pode ser um ninho de armadilhas, invés de um local seguro para você e sua famíla?

A Segurança da sua casa e de quem você ama pode estar comprometida

Acidentes acontecem. Só em São Paulo, foram registrados mais de 4 mil acidentes envolvendo gás de cozinha (GLP). Em Curitiba e Mato Grosso, no ano de 2014, os aumentos nessa estátisca foram de 14 e 18% respectivamente.

A maioria dos acidentes dentro de casa acontecem com crianças e idosos, em geral por falta de cuidado dos responsáveis ou por falta de correta adaptação das instalações.

As estatísticas apontam que os 10 acidentes que mais ocorrem são:

  • Asfixia por objetos
  • Intoxicações
  • Quedas
  • Alergias
  • Queimaduras
  • Choques elétricos
  • Afogamentos
  • Armas de fogo
  • Cortes com objetos afiados
  • Incêndios

O Brasil tem uma estatística estarrecedora em acidentes domésticos

De acordo com o site do governo, Portal Brasil, no ano de 2010, foi feita uma pesquisa que apontou 11.6 mil internações de crianças por acidentes residenciais. Os campeões são afogamento, quedas, choques e asfixia.

As queimaduras também não ficam fora desse ranking. Muitas crianças e adultos sofrem com isso e precisam se internar com queimaduras que chegam a ser de segundo grau. Saiba aqui o que é uma quimadura de segundo grau.


Os acidentes domésticos não são raros, mas, de acordo com os especialistas, a maioria poderia ter sido evitada. Para evitar acidentes em sua casa, o mais importante é a precaução. Os cuidados, em sua maioria são simples, o site prevenir em casa tem uma ótima matéria sobre esse assunto. Niguém quer que um dos moradores sofra um choque elétrico, se corte em um pedaço de metal mal colocado ou se queime em incêndios causados por velas ou fogão à gás.
Conteúdo do destaque

Inmetro estima que as pessoas vítimas de acidentes domésticos somam 37% de todos os feridos atendidos em hospitais.

De acordo com o Ministério da Saúde “…as principais causas de mortes foram os riscos acidentais à respiração como, por exemplo, sufocação na cama, asfixia com alimentos e outros, seguidos pelos afogamentos e exposição à fumaça, ao fogo e às chamas”.

Ainda de segundo o Ministério da Saúde, cerca de 5 mil crianças morrem de acidentes e cerca de 100 mil ficam hospitalizadas, anualmente.

Média de incêndios no Brasil: 267 mil por ano

Este número representa a quantidade média de incêndios tanto urbanos quanto florestais. No ano de 2011, o SUS – Sistema ùnico de Saúde, registrou 1051 mortes por fogo ou exposição à fumaça. Pode-se considerar que os números só têm aumentado de lá para cá. Incêndios em edifícios de habitações são mais frequentes do que você imagina.

A displicência e ignorar as regras básicas de segurança são os principais fatores para esse tipo de acidente. Além disso, quanto mais densa a aréa populacional, mais propensa estará a incêndios de grandes proporções.

De acordo com o Instituto Sprinkler, em 2015 foram registrados quase 1350 casos (o instituto apenas registra casos que poderiam ter sido evitados com o uso de sprinklers, em geral, empresas). Não são apenas os empresários que são displicentes com as regras básicas de segurança. Lembra-se da tragédia na Boate Kiss, que matou 242 pessoas? Naquele caso, os laudos apontaram a displicência dos donos.


Nas residências, os principais vilões são os fios emendados, fogões sem a correta conservação ou instalação, ferro de passar roupa ligado e esquecido sobre a tábua e curtos por má cosnervação da rede elétrica. Estes são apenas alguns dos causadores de desastres e, pasme, o cigarro é um outro grande vilão causador de incêndios.

Milhões são gastos anualmente

O problema é muito sério e abrange muitos fatores. Riscos de morte, sequelas de vários tipos e perdas materiais. Para atendimento nos hospitais públicos, o governo gastou, em 2010, R$ 8,2 milhões (oito milhões e duzentos mil reais) com pacientes que sofreram acidentes domésticos.

Estimativas inferem que, para cada morte desse tipo outras quatro pessoas ficam com sequelas, físicas, emocionais ou financeiras. Os transtornos causados pela falta de segurança são enormes.

As vítimas são das mais variadas idades e de ambos os sexos, porém, a predominância está entre as crianças de 4 a 9 anos. Em 2004, o Hospital de Urgências de Goiânia, apontou em um estudo que os acidentes domésticos foram a segunda maior causa de atendimentos, perdendo apenas para socorro às vítimas de acidentes de trânsito.

Crianças também são vítimas de acidentes com automóvel dentro das garagens ou próximos aos portões de suas residências. A desatenção dos responsáveis é o principal fator para esse tipo de acidente. Mas, não é apenas do lado de fora do carro que esses acidentes acontecem. Crianças mal colcoadas no assento traseiro ou ilegalmente sentadas no banco da frente (em desobediência à lei de trânsito, que indica o assento dianteiro a partir dos 10 anos e cinto de três pontos no assento traseiro, a partir dos sete anos de idade) são também causadores de acidentes fatais e lesões permanentes.

O que você pode fazer para garantir a segurança em sua casa?

Comece por baixo.

Pisos escorregadios devem ser recobertos ou evitados na hora da construção. Tapetes devem ser presos, principalmente no início e finais de escadas, existem protetores de tomadas que evitam que, principalmente crianças, toquem diretamente o contato elétrico com ferramentas ou com as proprias mãos.

Faça regularmente uma revisão na fiação e nunca deixe fios expostos. Evite ligações através de junção de fios e das famosas “gambiarras”. Mantenha o fogão a gás sempre em boas condições de uso e manipule os botijões com cuidado e segurança. Se você tem filhos pequenos, procure observar sua casa como se fosse um deles e tente perceber tudo que oferece perigo.

Coisas como a altura das mesas, o gradeado da cama, portas de vidro, estabilidade das cadeiras e bancos, altura dos armários e o que você irá guardar dentro deles, peças e enfeites de vidro e metal devem permanecer fora do alcance, tudo isso pode criar condições para crianças se acidentarem. No caso de idosos em casa, lembre-se de instalar corrimãos para pequenos lances de escada, apoios nos boxes e evite janelas do tipo guilhotina e mesas de centro com tampos de vidro, estas geralmente são invísiveis em algumas posições, tanto para crianças quanto para adultos.

Evite ligar vários equipamentos em uma única tomada usando “beijamins” ou filtros de linha. Isso pode gerar uma sobrecarga na rede elétrica e causar curto por aquecimento dos fios. Aparelhos elétricos como fornos, aquecedores, chuveiros, seladoras, entre outros, merecem atenção especial já que são facilmente esquecidos ligados e podem gerar incêndios.

Faça agora uma simulação de Seguro Residência. Seu futuro e sua família merecem segurança e tranquilidade

E se eu tiver um Seguro Residência, o que ele garante?

Um Seguro Residência vai cobrir uma série de acidentes, entre eles estão incêndios, danos elétricos, roubo e furto (incluindo os bens materiais que fazem parte do conteúdo do imóvel), impacto de veículos terrestres, ciclone, vendaval, queda de aeronaves, fumaça e vidros.

Você ainda pode montar sua apólice com seguro para Acidentes Pessoais. Nesse caso a apólice multirrisco pode incluir a cobertura de falecimento ou invalidez permente para acidentes ocorridos dentro da residência, estensivo a seus familiares e empregados que trabalhem na casa.

E mais, garantia contra tumultos, greves, alagamento, inundações e desmoronamento.

Algumas dessas coberturas não são básicas, ou seja, devem ser contratadas e inseridas na apólice, por isso é importante conhecer bem o seu perfil e da sua família na hora de adquirir um seguro residencial. Procura sempre um corretor para ajudá-lo neste momento, converse com ele e entenda os benefícios de cada cobertura e por que ela pode ser importante para o seu caso.

Baixe esse infográfico gratuitamente e conheça as vantagens de um Seguro Residência

Existem outras vantagens nesse tipo de seguro?

Sim, o Seguro Residência ainda conta com uma série de serviços dentro da Assistência 24 horas. Serviços elétricos e hidráulicos, limpeza de caixas d’água e jardins, instalação de cortinas e prateleiras, pequenos reparos em telhados, serviços de chaveiros são apenas alguns.

O seguro oferece ainda serviço de segurança noturno e diurno, caso sua residência apresente facilidade de roubo ou violação após um sinistro, locação de hotel para você e seus familiares em situações que sua casa fique inabitável.

Na cobertura de Responsabilidade Civil Familiar, a seguradora reembolsará despesas com advogados, custas judiciais e indenizará terceiros que sejam prejudicados involuntariamente por você, trabalhadores ou animais da sua casa. Cobre ainda danos físicos a terceiros atinjidos por objetos que caiam de sua janela ou por quedas na calçada molhada em frente sua residência.

Preparei um post para você conhecer melhor a proteção e segurança para o seu lar

Além das pessoas, quero proteger minha bicicleta e meu notebook

E pode. Contratando um Seguro Residência você pode garantir sua(s) bicicleta(s) e notebook contra roubo e furto, mesmo que o sinistro ocorra fora da sua casa.

As vantagens ainda continuam. Dedetização, lubrificação de portas, dobradiça e instalação de olho mágico, substituição de lâmpadas queimadas e limpeza de calhas. Tudo isso e mais, incluído no custo da apólice. Você não paga nem um tostão a mais.

A lima & Figueiredo ainda oferece suporte ilimitado

Nossa missão é informar e atender o cliente desde o momento em que ele se interessa por seguro até a finalização de processos em casos de sinistro. Seja no Seguro Auto, Seguro Vida, Residência ou qualquer um dos mais de 30 tipos de seguros que negociamos, você pode obter informação e apoio por vários canais.


Você fala diretamente comigo. Atuamos no mercado a mais de 19 anos. Toda a experiência adquirida se transforma em informção e apoio ao nosso cliente, seja pelo Whatsapp, seja diretamente em nossa página, ou por e-mail. Não economizamos nas formas de contato para que você possa usufruir, a qualquer momento do nosso apoio. Sabemos a importância de atender o cliente na hora que ele deseja, proporcionando segurança e satisfação. Conheça o caso real de um de nossos clientes que precisou acionar um Seguro Auto.

A presença de um corretor de seguros na hora de montar sua apólice e na hora de negociar com a seguradora pode definir sua satisfação e tranquilidade quando precisar acionar a seguradora em casos de sinistro. Esclareço sobre isso em um post chamado seu corretor de seguros é a garantia da sua tranquilidade.

Gostaria de ouví-lo. Quero que você fale comigo

Sua experiência, o que acontece no seu dia a dia em relação à sua segurança e da sua família, suas dúvidas, perguntas e sugestões são bem-vindas. Envie-nos seu comentário através do questionário abaixo dos posts, em nossa página de Blog ou a partir de nossa página de contato, no site. Estamos também no facebook, siga-nos e acompanhe todas as novidades. Meu número de WhatsApp também funciona todo o tempo: (35) 9 9893-1891.

Hoje falamos sobre segurança e tenho certeza que você poderá aproveitar as dicas que publicamos aqui. Indique para o seu amigo, isso pode ser útil a ele também. Se quiser mais informação sobre esse assunto fale comigo. Saiba que existe um Seguro Residência especial para apartamento ou faça uma simulação sem compromisso para o seguro da sua casa. Estamos aguardando você.

Eu sou o Marcelo Figueiredo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 9893-1891. Quero conhecê-lo cada vez mais para atendê-lo cada vez melhor.

Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.read more →
Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

O roubo de cargas no Brasil soma mais de 1 bilhão ao ano. em apenas um mês são roubadas mais cargas aqui do que é roubado em uma no na Europa. O seguro para transporte de cargas é obrigatório e, mesmo assim, algumas transportadoras e donos ainda o questionam, porém, já está provado que os custos de seguro são muito menores do que quando se tem que arcar com os prejuízos causados por acidentes e desastres inesperados.read more →

Deixe uma resposta