Notícias L&F

Lockdown, riscos e seguradoras

Lockdown, riscos e seguradoras

Qual a relação entre essas três palavras, lockdown, riscos e seguradoras?

A relação risco x seguradoras é fácil de entender, mas o que Lockdown tem a ver com esse contexto? Vamos analisar uma clausula do contrato de seguro “Riscos Excluídos” nela a seguradora fica isenta de pagamento se o segurado aumentar o risco, se expondo a uma situação de risco quando ele tem opção de escolha de não se expor a esse risco, também fala na referida cláusula que a seguradora esta isenta de pagamento quando o segurado se envolve em qualquer atividade ilegal.

O decreto de lockdown tem restrições sobre trânsito de pessoas e veículos. Alguns decretos criam critérios que permitem as pessoas transitarem pelas zonas verde e laranja, áreas para compras de produtos essenciais. Nas zonas vermelhas, onde não é permitida circulação de pessoas, quem estiver de carro precisará redobrar os cuidados, já que uma batida, ou defeito mecânico nos carros, pode não receber suporte do seguro.

A Índia está emitindo os chamados “E-Pass”, que permitem aos profissionais de áreas específicas a circulação livre pelas áreas de risco do país e estão sendo usados pelas seguradoras como uma forma de identificar se veículo do segurado estava andando com permissão ou não. Nesse país as seguradoras adotaram esse critério “E-Pass” para definir a  legalidade ou não de um cidadão que circula em determinadas áreas. O que passa a ser um critério de atendimento ou exclusão de risco adotado pela seguradora naquele país.

A medida gerou questionamentos sobre sua validade no país e agências de regulação estão discutindo se os seguros podem tomar medidas do tipo.

Como as seguradoras são empresas multi-nacionais e atuam em diversos países, devemos ficar atentos as regiões que decretarem lockdown e condições de restrições impostas, para não ser surpreendido com uma negativa de atendimento na assistência ou no pagamento de sinistro. As seguradoras, costumam adotar as mesmas políticas em todos os países que atuam, e acredito que aqui não será diferente.

O papel do corretor de seguros se tornou ainda mais importante nesse momento, levando ao conhecimento dos clientes de seguro, as informações para que eles tomem medidas para evitarem uma eventual recusa, evitando que o segurado fique sem suporte do seguro.

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844

 

 


Lockdown, riscos e seguradoras

Lockdown, riscos e seguradoras

Qual a relação entre essas três palavras, lockdown, riscos e seguradoras? A relação risco x seguradoras é fácil de entender, mas o que Lockdown tem a ver com esse contexto? Vamos analisar uma clausula do contrato de seguro "Riscos Excluídos" nela a seguradora fica isenta de pagamento se o segurado aumentar o risco, se expondo a uma situação de risco quando ele tem opção de escolha de não se expor a esse risco, também fala na referida cláusula que a seguradora esta isenta de pagamento quando o segurado se envolve em qualquer atividade ilegal. O decreto de lockdown tem restrições…
Isso te preocupa?

Isso te preocupa?

Estar exposto a um tipo de vírus que ninguém tem informações claras e precisas é um risco, enquanto existirem questionamentos sem respostas sobre o contágio, sobre ter ou não imunidade após sua recuperação, quanto tempo o vírus fica no ar, nas superfícies, previsão de vacina e uma série de outros questionamentos que estão diretamente relacionados ao vírus sem resposta, você corre risco. Esse cenário deixa muita insegurança e uma preocupação ainda maior para chefes de famílias, uma vez que se for acometido por esse vírus e tiver desdobramentos fatais, sua falta impacta no bem estar e segurança da família. Existe…
É importante cuidar da sua casa.

É importante cuidar da sua casa.

Estamos todos em nossas casas, geralmente é onde passamos a maior parte do nosso tempo, por esse motivo é importante cuidarmos ainda mais do nosso lar. Então quais são os principais cuidados que devo ter com minha casa? A correta manutenção depende de pequenos cuidados que devem ser periódicos, como limpeza de calhas, de caixa d'água, de ralos e sifões para evitar entupimentos, pintura a cada 2 ou 3 anos, lubrificação de dobradiças, ficar atento a pequenos vazamentos, revisão elétrica.  Imagine ficar sem TV, geladeira, notebook, máquina de lavar, ficar sem água por motivo de vazamento, com problema elétrico, justamente…
Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.
What do you want to do ?

New mail

Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, 0 comentários
Isso te preocupa?

Isso te preocupa?

Estar exposto a um tipo de vírus que ninguém tem informações claras e precisas é um risco, enquanto existirem questionamentos sem respostas sobre o contágio, sobre ter ou não imunidade após sua recuperação, quanto tempo o vírus fica no ar, nas superfícies, previsão de vacina e uma série de outros questionamentos que estão diretamente relacionados ao vírus sem resposta, você corre risco. Esse cenário deixa muita insegurança e uma preocupação ainda maior para chefes de famílias, uma vez que se for acometido por esse vírus e tiver desdobramentos fatais, sua falta impacta no bem estar e segurança da família.

Existe uma outra consequência que por conta da minha profissão, no cumprimento do meu papel, que é de alertar e refletir sobre os riscos que sua a família está exposta, ressalto que em caso de uma fatalidade, onde a falta da figura do chefe ou da chefe de família pode ter consequências danosas. Agora esse risco fica ainda mais evidente diante do cenário atual. Além de impactar na saúde emocional da família, também impacta na saúde financeira, porque na falta dele ou dela, o impacto da perda de renda afeta ainda mais o emocional que já esta abalado pela perda de um ente querido. Tem os trâmites que nessas circunstâncias geram custos com funeral, inventários, taxas, advogados. Esse último é obrigatório quando existem menores na família.

A questão então não é de refletir sobre deixar a família com reserva e mais confortáveis financeiramente para essas circunstâncias, esse seria o cenário ideal, mas está além disso, sua obrigação é de não deixar a família desamparada. Caso você não seja precavido ou precavida, sua família ficará com responsabilidades que provavelmente não poderão ser honradas ou que vão comprometer a condição financeira deles. Deixar mais essa preocupação num momento tão delicado, seria inapropriado. Se você levantar os custos de um funeral, de um inventário, de advogados, Taxas como ITBI, registro de imóveis. Se fizer essa conta, vai entender do que estou falando e das implicações que isso pode gerar para a família.

O ideal é pensar no conforto da família, mas eu estou falando de tomar precauções para não deixar-los desamparados. É o mínimo que devemos fazer.

Faça um orçamento no formato que se enquadra melhor ao seu perfil, que atenda suas necessidades.

Faça agora uma simulação seguro vida. Sua família merece segurança e tranquilidade

 

Se você for profissional Liberal ou autônomo, pode optar pelo DIT, Diária de Interrupção de Trabalho. Avalie essa opção e seu custo benefício, que garante um valor definido na apólice, onde a seguradora paga  por dia de afastamento do trabalho, quando o motivo do afastamento for doença ou acidente. Excelente opção para garantir renda em períodos de afastamento para profissionais como Dentistas, esteticistas, cabeleireiros, barbeiros, arquitetos, fisioterapeutas, psicólogos, médicos… Profissionais que na sua grande maioria, quando ficam parados por motivo de acidente ou doença, não tem como atender seus clientes, o que gera impacto na sua remuneração.

Veja nesse infográfico as outras vantagens do seguro de vida

 

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844
Lockdown, riscos e seguradoras

Lockdown, riscos e seguradoras

Qual a relação entre essas três palavras, lockdown, riscos e seguradoras? A relação risco x seguradoras é fácil de entender, mas o que Lockdown tem a ver com esse contexto? Vamos analisar uma clausula do contrato de seguro "Riscos Excluídos" nela a seguradora fica isenta de pagamento se o segurado aumentar o risco, se expondo a uma situação de risco quando ele tem opção de escolha de não se expor a esse risco, também fala na referida cláusula que a seguradora esta isenta de pagamento quando o segurado se envolve em qualquer atividade ilegal. O decreto de lockdown tem restrições…
Isso te preocupa?

Isso te preocupa?

Estar exposto a um tipo de vírus que ninguém tem informações claras e precisas é um risco, enquanto existirem questionamentos sem respostas sobre o contágio, sobre ter ou não imunidade após sua recuperação, quanto tempo o vírus fica no ar, nas superfícies, previsão de vacina e uma série de outros questionamentos que estão diretamente relacionados ao vírus sem resposta, você corre risco. Esse cenário deixa muita insegurança e uma preocupação ainda maior para chefes de famílias, uma vez que se for acometido por esse vírus e tiver desdobramentos fatais, sua falta impacta no bem estar e segurança da família. Existe…
É importante cuidar da sua casa.

É importante cuidar da sua casa.

Estamos todos em nossas casas, geralmente é onde passamos a maior parte do nosso tempo, por esse motivo é importante cuidarmos ainda mais do nosso lar. Então quais são os principais cuidados que devo ter com minha casa? A correta manutenção depende de pequenos cuidados que devem ser periódicos, como limpeza de calhas, de caixa d'água, de ralos e sifões para evitar entupimentos, pintura a cada 2 ou 3 anos, lubrificação de dobradiças, ficar atento a pequenos vazamentos, revisão elétrica.  Imagine ficar sem TV, geladeira, notebook, máquina de lavar, ficar sem água por motivo de vazamento, com problema elétrico, justamente…
Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.

Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, 0 comentários
É importante cuidar da sua casa.

É importante cuidar da sua casa.

Estamos todos em nossas casas, geralmente é onde passamos a maior parte do nosso tempo, por esse motivo é importante cuidarmos ainda mais do nosso lar. Então quais são os principais cuidados que devo ter com minha casa? A correta manutenção depende de pequenos cuidados que devem ser periódicos, como limpeza de calhas, de caixa d’água, de ralos e sifões para evitar entupimentos, pintura a cada 2 ou 3 anos, lubrificação de dobradiças, ficar atento a pequenos vazamentos, revisão elétrica.  Imagine ficar sem TV, geladeira, notebook, máquina de lavar, ficar sem água por motivo de vazamento, com problema elétrico, justamente no momento em que você precisa de tranquilidade e segurança na sua casa. Por esse motivo o seguro residencial é ainda mais importante, nesse período, ele te ajuda a resolver esses imprevistos e em muitos outros.

Você pode garantir seu patrimônio e incluir coberturas que fazem mais sentido para você, como perda e pagamento de aluguel, danos elétricos a máquinas e equipamentos, roubo de bens no interior e de bicicletas, notebook, celulares fora da residencia. Os seguros residenciais são muito mais baratos que os de veículo e possuem vários serviços que vão te auxiliar nos momentos que surgem aqueles pequenos imprevistos, que podem causar grande transtorno pela dificuldade de encontrar um profissional para executar os reparos.

Veja os benefícios nesse infográfico.

Sua família merecem segurança, tranquilidade e bem estar. É fácil contratar e o custo benefício é muito interessante.

 

Faça agora uma simulação de Seguro Residencial. Seu bem e sua família merecem segurança e tranquilidade

 

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844


Lockdown, riscos e seguradoras

Lockdown, riscos e seguradoras

Qual a relação entre essas três palavras, lockdown, riscos e seguradoras? A relação risco x seguradoras é fácil de entender, mas o que Lockdown tem a ver com esse contexto? Vamos analisar uma clausula do contrato de seguro "Riscos Excluídos" nela a seguradora fica isenta de pagamento se o segurado aumentar o risco, se expondo a uma situação de risco quando ele tem opção de escolha de não se expor a esse risco, também fala na referida cláusula que a seguradora esta isenta de pagamento quando o segurado se envolve em qualquer atividade ilegal. O decreto de lockdown tem restrições…
Isso te preocupa?

Isso te preocupa?

Estar exposto a um tipo de vírus que ninguém tem informações claras e precisas é um risco, enquanto existirem questionamentos sem respostas sobre o contágio, sobre ter ou não imunidade após sua recuperação, quanto tempo o vírus fica no ar, nas superfícies, previsão de vacina e uma série de outros questionamentos que estão diretamente relacionados ao vírus sem resposta, você corre risco. Esse cenário deixa muita insegurança e uma preocupação ainda maior para chefes de famílias, uma vez que se for acometido por esse vírus e tiver desdobramentos fatais, sua falta impacta no bem estar e segurança da família. Existe…
É importante cuidar da sua casa.

É importante cuidar da sua casa.

Estamos todos em nossas casas, geralmente é onde passamos a maior parte do nosso tempo, por esse motivo é importante cuidarmos ainda mais do nosso lar. Então quais são os principais cuidados que devo ter com minha casa? A correta manutenção depende de pequenos cuidados que devem ser periódicos, como limpeza de calhas, de caixa d'água, de ralos e sifões para evitar entupimentos, pintura a cada 2 ou 3 anos, lubrificação de dobradiças, ficar atento a pequenos vazamentos, revisão elétrica.  Imagine ficar sem TV, geladeira, notebook, máquina de lavar, ficar sem água por motivo de vazamento, com problema elétrico, justamente…
Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, 0 comentários
Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Seja qual for o maior susto do mundo, ele tem um nome, Imprevisto. Mas, uma coisa é bem previsível sobre ele: em algum momento acontecerá em nossa vida, portanto, o melhor a fazer é se garantir. Você já ouviu, mais de uma vez, a célebre frase ” imprevistos acontecem”, e acontecem mesmo. Podemos lidar de duas formas com um imprevisto:

1- Deixar que ele “pegue” você e o assuste, ou
2 – Estar preparado para quando ele chegar.

O susto gosta de mim?

O imprevisto gosta de assustar, ele sobrevive de assustar as pessoas e a cada susto ele ficará mais forte. De acordo com o site ABCMed, “o susto é uma reação biológica que ocorre quando uma pessoa se defronta com algo inesperado e ameaçador. É o medo provocado por uma circunstância imprevista e intimidadora como um barulho intenso, uma visão horrenda, uma notícia ruim e inesperada, etc.”.

Quando assistimos um filme de terror, por exemplo, nos colocamos em posição de sermos assustados.

A cada novo grito ou cena cheia de sangue de catchup, balançamos na cadeira, porém, ao mesmo tempo nos divertimos, pois, sabemos que aquilo não é real, ou seja, não nos deixamos enganar completamente pela história na tela do cinema ou na TV. Existem pessoas que gostam disso, pessoas que não gostam de serem assustadas e existem aquelas que se colocam em uma posição de total entendimento de que aquilo é apenas uma história. Mantendo sua parcela de realidade mais elevada diante da película, essas pessoas não refletem o susto como as outras, apenas assistem a um novo filme.

O que um filme feito para assustar tem a ver com a minha vida?

Um filme de terror ou uma piada só existem com sucesso quando exploram de maneira eficaz o imprevisível. Por outro lado, nosso dia a dia, nossa vida, é composta de passado, presente e futuro, ou seja, sabemos o que fizemos, temos consciência do que estamos fazendo, porém, não temos controle do que vai acontecer, assim, vivemos com o imprevisível sempre em nossos calcanhares (poderia dizer agora: não deixe o imprevisível ser o seu calcanhar de Aquiles. Seria uma boa frase de efeito, mas vamos voltar ao texto).

Claro que concordo que a vida seria muito chata se soubéssemos tudo o que vai acontecer.

Mas podemos pensar juntos sobre o seguinte: temos que viver à mercê do inesperado? Lembram-se daquele cara que assiste o filme de terror e não leva sustos? Então, diante da nossa existência, diante dos acontecimentos mais corriqueiros, podemos nos colocar de uma forma parecida.

Como posso lidar com os imprevistos?

Algumas pessoas me fizeram essa pergunta e é por isso que estou escrevendo este artigo. Vamos lá.

Quando você tem algo importante a realizar, e você já experimentou isso, você faz uma análise de todas as condições, pesa os prós e os contras, faz uma checagem das ferramentas, sejam físicas ou intelectuais, que serão necessárias, organiza, mesmo que mentalmente, as atividades, divide tudo em objetivos e tarefas, cria uma agenda de ações e tenta prever os possíveis resultados. Alguns pesquisadores chamam isso de organizar ou planejar o futuro. A agenda eletrônica ou não, por exemplo, é uma das ferramentas mais básicas para essa organização e sua função é evitar esquecimentos e imprevistos em relação aos compromissos marcados.

O que acontece quando organizamos nossas atividades e ações?

Ficamos mais seguros. Observamos melhor o caminho que estamos trilhando na hora das atividades e nos perdemos menos em devaneios ou distrações.

É verdade que o melhor da vida não se planeja, mas, é verdade também que para aproveitarmos ao máximo devemos nos precaver minimamente, ninguém em sã consciência vai atravessar uma rua sem antes olhar para os lados, não é mesmo?!

O pensador Robert Ambers diz, ” Só alcança o sucesso quem planeja o caminho…”. O planejamento e as ações estratégicas estão intimamente ligadas ao sucesso, seja no curto ou no longo prazo.

Por outro lado, pensar no futuro é também uma forma de planejar.

Pais, por exemplo, sempre fazem isso em relação aos seus filhos, funcionários também pensam no futuro e elaboram probabilidades em relação ao seu emprego, empresários planejam e pensam sobre o futuro a respeito de seus negócios e empreendimentos. Até mesmo para coisas mais simples, fazemos algum planejamento.

O planejamento nem sempre requer ferramentas complicadas de análise ou da elaboração de um projeto sofisticado. Quando vamos fazer uma pequena viagem, pensamos nas roupas que vamos utilizar durante nosso percurso e estadia, compramos passagens ou nos garantimos com uma boa revisão no carro. Mesmo quando vamos sair para um almoço ou jantar procuramos pensar no tipo de comida e restaurante que desejamos, no trajeto que faremos e nos valores que podemos pagar…em geral fazemos isso quase instintivamente.

Na verdade, o que desejamos, é estar um pouco mais seguros com relação aos resultados de nossas atitudes.

Lembre-se, você não tem uma bola de cristal

Isso é uma vantagem, já que o bom da vida é exatamente curtir os acontecimentos.

No entanto, isso não impede que você se proteja em relação a possíveis problemas e eventos menos agradáveis, tanto com você, quanto com seu patrimônio ou com sua família.

O importante é estar pronto para curtir a vida extraindo dela toda a alegria e bem-estar possíveis. Galgar novos degraus em sua vida, aproveitar seu tempo livre e compartilhar com sua família. Essas são algumas das coisas que ajudam na felicidade humana. Se desejar entender um pouco mais sobre a felicidade, indico que assista o filme “Happy” do diretor Roko Belic. Esse filme/documentário explora em várias entrevistas, com pessoas de várias partes do mundo, o caminho da felicidade genuína, saiba mais sobre ele aqui.

Portanto, nunca teremos total controle sobre os acontecimentos em nossa vida. Mas, quanto mais você se conscientizar do planejamento, quanto mais os atos de planejar e elaborar possíveis resultados estiverem “enraizados” no seu dia-a-dia, menos chances você estará dando ao imprevisto, cada vez menos os sustos vão fazer você balançar na cadeira da vida.

Por que estou falando desse assunto?

Trabalho intermediando a venda de seguros há mais de trinta anos e, durante todo esse tempo, pude observar uma coisa que considero de grande importância: as pessoas que têm uma apólice de seguro enfrentam seus problemas com maior facilidade. Sabemos que toda e qualquer perda é dolorosa e significativa e, muitas vezes não podemos evitar a dor, mas podemos sempre estar um passo à frente e evitar uma série de problemas e prejuízos advindos. Uma apólice de seguros também não irá resolver todos os problemas, mas, certamente será como uma base ampla para apoiá-lo em momentos que o inevitável ocorra.

A L&F seguros tem um interesse genuíno pelo bem-estar das pessoas. Sempre pensei dessa forma e vou continuar acreditando que posso contribuir para que você tenha mais tempo livre e mais condições de seguir em frente, mesmo quando enfrentar dificuldades. Não se trata apenas de vender o seguro do seu carro, da sua casa, um seguro de vida, patrimonial ou de viagem. Cada vez que informo sobre as possibilidades do futuro de alguém, que conversamos sobre segurança e tranquilidade e, cada vez que vendo uma apólice, sinto que estou contribuindo para minimizar problemas. Essa é a nossa verdadeira função.

Se você se interessou pelo filme Happy, pode vê-lo no Netflix.

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844

Eu sou o Marcelo Figueiredo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844. Quero conhecê-lo cada vez mais para atendê-lo cada vez melhor.

Lockdown, riscos e seguradoras

Lockdown, riscos e seguradoras

Qual a relação entre essas três palavras, lockdown, riscos e seguradoras? A relação risco x seguradoras é fácil de entender, mas o que Lockdown tem a ver com esse contexto?…read more →
Isso te preocupa?

Isso te preocupa?

Estar exposto a um tipo de vírus que ninguém tem informações claras e precisas é um risco, enquanto existirem questionamentos sem respostas sobre o contágio, sobre ter ou não imunidade…read more →
Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.read more →
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, 0 comentários
O caso do senhor X. Acredite, ele passou por isso.

O caso do senhor X. Acredite, ele passou por isso.

Este é um caso real. O nome próprio foi alterado para proteger a individualidade da pessoa citada.

O senhor X sempre fez seguro de viagem

O sr. X é um homem acostumado a viagens ao exterior e seu destino mais corriqueiro é  a América do Norte. Como pessoa habituada a viajar, sempre faz o seu seguro de viagem, isso lhe garante tranquilidade e segurança em vários aspectos, desde o extravio de bagagens até atendimento médico e dentário, caso necessite, durante o tempo de permanência no exterior.

O que aconteceu com o sr. X quando esqueceu de contratar um seguro

Sim, em sua viagem mais recente ele esqueceu de contratar o seguro antes da partida e resolveu que faria isso depois de desembarcar nos USA. Dito e feito, já no hotel, entrou no site da seguradora e cumpriu o passo a passo contratando o seguro de viagem dentro das especificações que desejava.
Conforme a lei brasileira, as seguradoras não podem vender diretamente o produto, portanto, no caso do sr. X, a seguradora enviou uma cópia da proposta e indicou a Lima & Figueiredo Seguros para efetivar o contrato.

Uma surpresa para o sr X na hora após fechar o contrato

Lembre-se que o sr. X está nos Estados Unidos da América do Norte. Ao ler a proposta enviada pela seguradora, observou uma informação esclarecendo que o cliente não poderia contratar o seguro de viagem depois de ter iniciado o deslocamento. Ou seja, um seguro de viagem deve ser contrato antes do embarque.
Além de homem de negócios e viajante o sr. X é também um consumidor atento. Ele entrou em contato comigo, na Lima & Figueiredo Seguros, na intenção de questionar essa informação e tentar reverter a situação a favor de seus interesses.
Prontamente sugeri que a contratação fosse cancelada, dessa forma evitaríamos o pagamento da primeira parcela e problemas na hora de solicitar atendimento ao Call Center da seguradora. Importante dizer que, da maneira como o sr. X efetivou o negócio, o pagamento da primeira parcela, define o contrato mas não garante as condições gerais, no entanto, o sr. X havia feito o pagamento inicial a partir do seu cartão de crédito e demonstrou preocupação em administrar o problema estando tão longe do seu domicílio.

Faça agora uma simulação de Seguro Viagem. Você e sua família merecem segurança e tranquilidade

Intermediação com responsabilidade e conhecimento: garantia de bons resultados

A primeira providência da Lima & Figueiredo foi questionar a área técnica do produto na Seguradora já que, embora o contrato estivesse pago, o cliente não teria atendimento por não estar no Brasil quando efetivou o pedido e isso não lhe daria as garantias necessárias. Dessa forma providenciamos, junto à Seguradora, o cancelamento do contrato  e o estorno do valor pago junto ao cartão de crédito.
Mas isso não bastava. O sr. X precisava de suporte e, na intenção de atendê-lo em suas necessidades, passamos a pesquisar buscando uma seguradora que aceitasse a contratação do seguro mesmo depois do embarque.
Era necessário garantir o atendimento e o suporte no exterior. Encontramos a seguradora e mediante uma declaração de que até aquela data não havia ocorrido nenhum acidente ou enfermidade, o seguro foi acatado. O sr. X então, contratou uma nova apólice intermediada da Lima & Figueiredo Seguros.

Uma pedra no meio do caminho

Após 3 meses, ainda no exterior, o sr. X sofreu um pequeno acidente. Ele utilizou o Whatsapp para conversar comigo. A equipe da Lima & Figueiredo conduziu todo o processo e manteve a comunicação com o sr. X que acompanhou passo-a-passo cada movimentação até à conclusão. O sr. X teve o atendimento e a seguradora cumpriu suas obrigações solucionando a contento o que foi necessário.

Hora do controle de qualidade

O atendimento da Lima & Figueiredo se baseia na missão de informar e proporcionar a satisfação do cliente, mas não para por aí. Então, questionamos o sr. X, através do whatsapp, a fim de obtermos respostas sobre nossa atuação e podermos melhorar ainda mais. Ele permitiu que publicássemos aqui essa parte da conversa que ocorreu diretamente comigo:


  • sr. X: boa tarde Marcelo. Recebi o crédito hoje. muito obrigado pela ajuda. Abs.
  • Lima & Figueiredo: Nosso diferencial é justamente esse suporte aos nossos clientes. Fico feliz que tenha ficado satisfeito e me coloco à disposição.
  • sr. X: Seu suporte foi fundamental desde o início da contratação.
  • Lima & Figueiredo: Caso queira fazer alguma observação sobre o trabalho da nossa corretora seu feedback é muito importante e será considerado para avaliação ou mudanças do nosso processo de atendimento..
  • sr. X: Tudo perfeito!

Eu sou o Marcelo Figueiredo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844. Quero conhecê-lo cada vez mais para atendê-lo cada vez melhor.


Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844

Lockdown, riscos e seguradoras

Lockdown, riscos e seguradoras

Qual a relação entre essas três palavras, lockdown, riscos e seguradoras? A relação risco x seguradoras é fácil de entender, mas o que Lockdown tem a ver com esse contexto?…read more →
Isso te preocupa?

Isso te preocupa?

Estar exposto a um tipo de vírus que ninguém tem informações claras e precisas é um risco, enquanto existirem questionamentos sem respostas sobre o contágio, sobre ter ou não imunidade…read more →
Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.read more →
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, Seguro Viagem, 0 comentários