Seguro Viagem

O caso do senhor X. Acredite, ele passou por isso.

O caso do senhor X. Acredite, ele passou por isso.

Este é um caso real. O nome próprio foi alterado para proteger a individualidade da pessoa citada.

O senhor X sempre fez seguro de viagem

O sr. X é um homem acostumado a viagens ao exterior e seu destino mais corriqueiro é  a América do Norte. Como pessoa habituada a viajar, sempre faz o seu seguro de viagem, isso lhe garante tranquilidade e segurança em vários aspectos, desde o extravio de bagagens até atendimento médico e dentário, caso necessite, durante o tempo de permanência no exterior.

O que aconteceu com o sr. X quando esqueceu de contratar um seguro

Sim, em sua viagem mais recente ele esqueceu de contratar o seguro antes da partida e resolveu que faria isso depois de desembarcar nos USA. Dito e feito, já no hotel, entrou no site da seguradora e cumpriu o passo a passo contratando o seguro de viagem dentro das especificações que desejava.
Conforme a lei brasileira, as seguradoras não podem vender diretamente o produto, portanto, no caso do sr. X, a seguradora enviou uma cópia da proposta e indicou a Lima & Figueiredo Seguros para efetivar o contrato.

Uma surpresa para o sr X na hora após fechar o contrato

Lembre-se que o sr. X está nos Estados Unidos da América do Norte. Ao ler a proposta enviada pela seguradora, observou uma informação esclarecendo que o cliente não poderia contratar o seguro de viagem depois de ter iniciado o deslocamento. Ou seja, um seguro de viagem deve ser contrato antes do embarque.
Além de homem de negócios e viajante o sr. X é também um consumidor atento. Ele entrou em contato comigo, na Lima & Figueiredo Seguros, na intenção de questionar essa informação e tentar reverter a situação a favor de seus interesses.
Prontamente sugeri que a contratação fosse cancelada, dessa forma evitaríamos o pagamento da primeira parcela e problemas na hora de solicitar atendimento ao Call Center da seguradora. Importante dizer que, da maneira como o sr. X efetivou o negócio, o pagamento da primeira parcela, define o contrato mas não garante as condições gerais, no entanto, o sr. X havia feito o pagamento inicial a partir do seu cartão de crédito e demonstrou preocupação em administrar o problema estando tão longe do seu domicílio.

Faça agora uma simulação de Seguro Viagem. Você e sua família merecem segurança e tranquilidade

Intermediação com responsabilidade e conhecimento: garantia de bons resultados

A primeira providência da Lima & Figueiredo foi questionar a área técnica do produto na Seguradora já que, embora o contrato estivesse pago, o cliente não teria atendimento por não estar no Brasil quando efetivou o pedido e isso não lhe daria as garantias necessárias. Dessa forma providenciamos, junto à Seguradora, o cancelamento do contrato  e o estorno do valor pago junto ao cartão de crédito.
Mas isso não bastava. O sr. X precisava de suporte e, na intenção de atendê-lo em suas necessidades, passamos a pesquisar buscando uma seguradora que aceitasse a contratação do seguro mesmo depois do embarque.
Era necessário garantir o atendimento e o suporte no exterior. Encontramos a seguradora e mediante uma declaração de que até aquela data não havia ocorrido nenhum acidente ou enfermidade, o seguro foi acatado. O sr. X então, contratou uma nova apólice intermediada da Lima & Figueiredo Seguros.

Uma pedra no meio do caminho

Após 3 meses, ainda no exterior, o sr. X sofreu um pequeno acidente. Ele utilizou o Whatsapp para conversar comigo. A equipe da Lima & Figueiredo conduziu todo o processo e manteve a comunicação com o sr. X que acompanhou passo-a-passo cada movimentação até à conclusão. O sr. X teve o atendimento e a seguradora cumpriu suas obrigações solucionando a contento o que foi necessário.

Hora do controle de qualidade

O atendimento da Lima & Figueiredo se baseia na missão de informar e proporcionar a satisfação do cliente, mas não para por aí. Então, questionamos o sr. X, através do whatsapp, a fim de obtermos respostas sobre nossa atuação e podermos melhorar ainda mais. Ele permitiu que publicássemos aqui essa parte da conversa que ocorreu diretamente comigo:


  • sr. X: boa tarde Marcelo. Recebi o crédito hoje. muito obrigado pela ajuda. Abs.
  • Lima & Figueiredo: Nosso diferencial é justamente esse suporte aos nossos clientes. Fico feliz que tenha ficado satisfeito e me coloco à disposição.
  • sr. X: Seu suporte foi fundamental desde o início da contratação.
  • Lima & Figueiredo: Caso queira fazer alguma observação sobre o trabalho da nossa corretora seu feedback é muito importante e será considerado para avaliação ou mudanças do nosso processo de atendimento..
  • sr. X: Tudo perfeito!

Eu sou o Marcelo Figueiredo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 9893-1891. Quero conhecê-lo cada vez mais para atendê-lo cada vez melhor.


Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.read more →
Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

O roubo de cargas no Brasil soma mais de 1 bilhão ao ano. em apenas um mês são roubadas mais cargas aqui do que é roubado em uma no na Europa. O seguro para transporte de cargas é obrigatório e, mesmo assim, algumas transportadoras e donos ainda o questionam, porém, já está provado que os custos de seguro são muito menores do que quando se tem que arcar com os prejuízos causados por acidentes e desastres inesperados.read more →
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, Seguro Viagem, 0 comentários
Air Help! Esse site pode ajudar onde o seguro não cobre

Air Help! Esse site pode ajudar onde o seguro não cobre

O seguro pode cobrir muitos dos imprevistos durante sua viagem, porém, os atrasos de voos não são cobertos pelo seguro e, quem viaja sabe, são muito frequentes.

A boa notícia é que, conforme o caso, você pode ser ressarcido por atrasos.

Essa é a proposta do AIR HELP. De acordo com o site, o valor do ressarcimento depende da companhia área e do tipo de voo. Todo o serviço é gratuito e, havendo ressarcimento, eles cobram uma taxa administrativa. Você consulta diretamente no site, em um formulário, se você tem direito ou não. Tudo muito rápido e claro.
Fica a dica, mas não se esqueça de fazer sempre o seu seguro de viagem, afinal, imprevistos acontecem e devemos estar sempre preparados.

Eu sou o Marcelo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo durante toda sua jornada, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 9893-1891

Você pode se interessar também por:
Faça uma simulação do seguro viagem agora. É grátis.
Seguro de viagem, o que é.
Tá cehgando a hora de por o pé na estrada?


Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.read more →
Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

O roubo de cargas no Brasil soma mais de 1 bilhão ao ano. em apenas um mês são roubadas mais cargas aqui do que é roubado em uma no na Europa. O seguro para transporte de cargas é obrigatório e, mesmo assim, algumas transportadoras e donos ainda o questionam, porém, já está provado que os custos de seguro são muito menores do que quando se tem que arcar com os prejuízos causados por acidentes e desastres inesperados.read more →
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Viagem, 0 comentários
Países que exigem a contratação de um seguro

Países que exigem a contratação de um seguro

O Tratado de Schengen é um acordo assinado entre os países que integram a Europa. Esse acordo ou tratado garante a livre circulação de pessoas entre estes territórios, sem a necessidade de apresentação de passaporte. No entanto, há a exigência de que os turistas comprovem possuir um seguro de viagem com assistência e coberturas específicas, no valor mínimo de 30 mil euros. A preocupação é principalmente com acidentes e doenças. Saiba mais sobre o Acordo de Schengen.

Cuba também exige que o turista tenha um seguro viagem e o governo Australiano não aceita intercâmbio com estudantes que não possuam o Overseas Students Health Cover (OSHC), que é um tipo de seguro de saúde/vida. Os países que assinaram o acordo ou estão estudando(*) esta possibilidade são os seguintes:

Alemanha, Áustria, Bélgica, *Bulgária, *Chipre, *Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letônia, *Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, *Romênia, Suécia, Suiça.

Eu sou o Marcelo Figueiredo e se você deseja mais esclarecimentos sobre seguros, entre em contato comigo através do WhatsApp (35) 9 9893-1891. Afinal de contas, antes de viajar, o mais importante é estar bem informado.

 

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 9893-1891

Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.read more →
Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

O roubo de cargas no Brasil soma mais de 1 bilhão ao ano. em apenas um mês são roubadas mais cargas aqui do que é roubado em uma no na Europa. O seguro para transporte de cargas é obrigatório e, mesmo assim, algumas transportadoras e donos ainda o questionam, porém, já está provado que os custos de seguro são muito menores do que quando se tem que arcar com os prejuízos causados por acidentes e desastres inesperados.read more →
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Viagem, 0 comentários
Seguro de viagem, o que é?

Seguro de viagem, o que é?

O Seguro de Viagem é um instrumento legal, um contrato que garante indenização em casos de ocorrências e imprevistos relacionados à sua viagem. Ele o protege dos danos colaterais dos riscos, no momento do embarque, na estadia e só se extingue no desembarque de retorno. Seu custo pode ser limitado ao valor declarado, que depende do tipo de cobertura e ao período da viagem.
A legislação que regula este tipo de seguro sofreu algumas modificações. O Conselho Nacional de Seguros Privados – CNSP baixou duas resoluções, a CNSP nº 315 e a CNSP nº 329, uma em 2014 e a outra em 2015. As seguradoras têm, por força de lei, um prazo de 12 meses para se adequarem às normas, portanto, apenas a partir de março deste ano, 2016. Essas resoluções ampliam as proteções.

Existem tipos diferentes de seguros de viagem?

Sim. Os planos variam de acordo com o tipo de viagem, e ainda podem atender àqueles que praticam esportes radicais ou de alto risco. Um seguro de viagem pode ser contratado individualmente ou por uma empresa, ambos por tempo determinado. Dependendo do tipo de viagem (negócios, lazer, estudo, etc.) a apólice deve ser ajustada para o perfil do segurado. Converse sempre com o seu corretor para definir e esclarecer os detalhes.

E o que o seguro de viagem pode cobrir?

Despesas Médicas, Hospitalares e/ou Odontológicas – DMHO
Despesas e custos com médicos hospitais e tratamentos para ocorrências de acidentes pessoais e doenças súbitas ocorridas durante o período da viagem, desde que comprovada a saída do segurado da sua cidade de domicílio. No caso de viagem ao exterior deve ser comprovada a saída do segurado do seu país de domicílio.
Morte em viagem
O seguro deve indenizar familiares, beneficiários do seguro no caso de morte por causas naturais ou acidentais do segurado durante o período da viagem, compreendido entre o embarque e o desembarque no local de domicílio. O pagamento poderá ser feito em uma só parcela ou sob a forma de renda.
Morte acidental em viagem
O seguro deve indenizar familiares, beneficiários do seguro no caso de morte (apenas por acidente pessoal) do segurado durante o período da viagem, compreendido entre o embarque e o desembarque no local de domicílio. O pagamento poderá ser feito em uma só parcela ou sob a forma de renda
Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente
O seguro deverá indenizar o segurado por invalidez, parcial ou permanente. O valor dessa indenização é definido na hora de configurar a apólice.
Traslado de Corpo
Todas as despesas e itens necessários para o traslado de corpo até o domicílio e/ou sepultamento serão cobertos pelo seguro.
Regresso Sanitário
Traslado do segurado, até o seu local de origem ou domicílio, desde que o mesmo não esteja em condições, por motivo de enfermidade ou acidente, de ocupar a posição de passageiro regular.
Traslado Médico
Remoção ou transferência do paciente/segurado para clínica ou hospital mais próximo a fim de que possa ser atendido e medicado nas condições adequadas e dentro do menor prazo possível.

Outras coberturas

  • Cancelamento de Viagem
  • Interrupção de Viagem
  • Extravio de Bagagem
  • Assistência Funeral
  • Hospedagem após Alta Hospitalar
  • Remarcação de Passagem para Regresso
  • Acompanhante em caso de Hospitalização Prolongada
  • Hospedagem para Acompanhante em caso de Hospitalização Prolongada
  • Acompanhamento de Menor
  • Fisioterapia
  • Remarcação de Passagem para Regresso de Membros da Família
  • Despesas Farmacêuticas
  • Despesas Jurídicas
  • Pagamento de Fiança
  • Danos de Bagagem
  • Extensão de Vigência por razões Médicas
  • Localização e Encaminhamento de Bagagem
  • Orientação e envio em caso de perda de documentos
  • Transmissão de Mensagens Urgentes

Existem diferenças entre seguro de viagens nacionais ou para o exterior?

Sim. Para você vai viajar para o exterior será necessário cumprir algumas exigências. Essa exigências podem mudar de acordo com o local da sua viagem. Se a viagem é para a Europa, é obrigatório você fazer um seguro – confira todos os países que exigem o seguro -, sem ele você pode não desembarcar no país de destino. Em geral as coberturas obrigatórias são traslado de corpo, traslado médico, regresso sanitário e despesas médicas, hospitalares e odontológicas. Não é permitida a contratação de seguro viagem, para o exterior, com cobertura exclusivamente para acidentes pessoais.

Como a apólice de seguro define “emergência”?

Emergência, na definição das seguradoras é qualquer situação onde o segurado corre risco de morte e necessita de atendimento imediato. Urgência é o termo utilizado para se referir a situações em que o segurado necessita de atendimento não imediato. Um detalhe para ficar atento na hora de contratar um seguro de viagem: doenças preexistentes. As seguradoras costumam exigir do segurado que assine uma declaração sobre esse assunto.

Quanto vou pagar por um seguro viagem?

isso depende da duração da viagem, se ela será feita em território nacional ou internacional, do valor da indenização e das coberturas que você contratar. No caso de viagens no Brasil, desde que distâncias iguais ou superiores a 100 quilômetros da cidade de domicílio, você pagará entre R$2,00 e R$4,00 aproximadamente. Já para o exterior o valor pode ficar entre R$9,00 e R$25,00. Em geral o prêmio (valor que você pagará pelo seguro) é cobrado à vista, mas para casos de estudo em outros países e executivos que ficaram fora do país, pode ser pago em parcelas.

Existem regras quanto à idade para contratar seguro de viagem?

Algumas operadoras limitam a idade do segurado em até 65 ou 70 anos e o seguro para crianças até 14 anos têm coberturas limitadas. Jovens com idade inferior a 16 devem ter ordem judicial para receberem o benefício por acidentes pessoais. Os seguros de viagem se baseiam no modelo de seguro de vida, portanto, caso você já tenha um seguro de vida, observe em sua apólice ou converse com seu corretor para verificar as coberturas e descobrir como ele pode ser acionado durante sua viagem.

Eu sou o Marcelo Figueiredo e acho que o mais importante em uma viagem é a tranquilidade. Você pode entrar em contato comigo através do WhatsApp (35) 9 9893-1891. Afinal de contas, antes de viajar, o mais importante é estar bem informado.

 

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 9893-1891

 


Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.
Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

O roubo de cargas no Brasil soma mais de 1 bilhão ao ano. em apenas um mês são roubadas mais cargas aqui do que é roubado em uma no na Europa. O seguro para transporte de cargas é obrigatório e, mesmo assim, algumas transportadoras e donos ainda o questionam, porém, já está provado que os custos de seguro são muito menores do que quando se tem que arcar com os prejuízos causados por acidentes e desastres inesperados.
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Viagem, 0 comentários
Tá chegando a hora de pôr o pé na estrada?

Tá chegando a hora de pôr o pé na estrada?

Confira essas dicas para fazer uma viagem tranquila.

Planejar é uma regra de ouro

Planejamento, segurança e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

Comece sua viagem por aqui https://www.google.com.br/maps. O Google Maps fornece informações bastante precisas sobre estradas, caminhos e cidades. Use-o para planejar sua viagem. Aproveite para conhecer um pouco das cidades pelas quais vai passar, veja onde poderá se hospedar e o que tem para fazer por toda a sua rota.

Defina se vai fazer turismo para se divertir, trabalhar, conhecer ou fazer compras, mesmo que você queira fazer tudo isso, escolha uma prioridade, assim ficará mais fácil delimitar e qualificar seu roteiro.

Vou viajar para o exterior ou no meu país?

São roteiros diferentes e cada um exige um tipo de cuidado. Fique ciente do tipo de clima que irá enfrentar, procure conhecer os hábitos marcantes e a cultura das localidades (muito importante para uma viagem internacional). Para viajar para a Europa você é obrigado a fazer um seguro de viagem. Sem ele você não embarca.

É uma exigência que você tenha garantia de assistência médica e odontológica durante sua viagem. De qualquer forma, a lei de Murph pode atacar. é melhor estar prevenido, com sua assistência garantida. O seguro de viagem te dá suporte e evita que você tenha que arcar com altos cusotos inesperados.

Procure conhecer a documentação necessária e, seja para o Brasil ou para o exterior, leve sempre uma cópia dos principais documentos, assim, em caso de perda ou roubo, você terá os números e detalhes de cada um. Isto poupa muito tempo, tensão e desgaste em momentos de necessidade.

Em caso de uma viagem mais longa e demorada, se você mora sozinho ou com toda a família, lembre-se de pedir a alguém para “dar uma olhada, de vez em quando” na sua casa ou cubra os possíveis problemas com um seguro residência. O mais importante é sua tranquilidade para aproveitar os bons momentos de sua viagem.

Com que roupa eu vou?

Fazer as malas e organizar a bagagem não é uma tarefa das mais simples. Eu mesmo, levei muitos anos e muitas viagens para aprender a fazer isso. Nunca comece pensando na quantidade de malas e no peso que você pode levar, deixe essa avaliação para um segundo momento e preocupe-se em definir todos os itens que serão úteis, necessários e importantes para seu conforto.

Faça uma lista (parece bobagem, mas ajuda muito) dividida em tópicos para: roupas, sapatos, artigos de uso pessoal, eletrônicos (nunca esqueça aquele cabo usb na gaveta de casa) e outros. Procure ser objetivo e econômico nessa lista, opte por peças básicas, mas tenha sempre algo para uma ocasião especial.

Lembre-se de fazer a conta da quantidade de itens relacionada à quantidade de dias que estará viajando e nas diversas situações que sua viagem oferece, por exemplo, você pode estimar quantas horas estará em um avião, trem, ônibus ou na estrada viajando no seu carro. Camisetas, jeans e peças básicas, são sempre bem vindos.

Existem muitos tutoriais na internet sobre o assunto, fiz uma pesquisa e gostei desse aqui.

Quem vai

Fazer uma viagem em grupo é diferente de viajar só ou em dupla, com alguém que você deseja compartilhar os melhores momentos da sua vida.

As viagens em grupo requerem um algo mais, talvez você tenha que exercitar sua paciência antes mesmo de colocar os pés em solo firme no destino, faz parte. O mais importante é reconhecer que todos têm uma intenção, um objetivo na viagem (diversão, negócios, aprendizado, etc) e isso pode lhe causar surpresas, portanto, o ideal é se entenderem quanto aos roteiros e passeios, antes de iniciá-los.

Pessoas são diferentes e têm necessidades diferentes, algumas precisam de medicamentos, outras de uma dose a mais de café ou uísque, compreenda! Tem sempre aquele que gosta de caminhar sozinho na praia ou ir em direção contrária ao museu, lembre-se, em algum momento esse pode ser você. Se você está indo de carro, num comboio ou sozinho, pode ser interessante conferir os documentos relacionados ao veículo. Fazer uma boa revisão é essencial. Lembre-se de conferir se o seu seguro auto está em dia ou faça uma simulação aqui e tenha clareza de tudo que ele cobre, afinal, você pode precisar dele longe do seu ponto de permanência, tenha certeza dessa cobertura, das distâncias contratadas e dos detalhes, converse com seu corretor e esclareça tudo isso. Conheça alguns dos serviços aqui

Quem fica

Lembre-se de contar para seus amigos íntimos e parentes que fará uma viagem. É um forma de tranquilizá-los e de fazer com que, mesmo não indo com você, participem da sua alegria e prazer. Isso pode ser útil, caso você precise deles para solucionar um problema inesperado enquanto estiver viajando.

Eu amo tudo o que tenho. Sempre que viajo faço uma revisão nos detalhes da casa, fecho registros do encanamento e desligo as chaves principais de energia elétrica. lembre-se de garantir um provimento de ração e uma boa caixa de areia para o seu gato.

Alguns seguros residenciais têm seviço de assitência PET SHOP, são convênios para hospedagem e cuidados com seus amados pets domésticos. Confira com o corretor.

 

Faça Uma Simulação de Seguro Residencial Gratuita Aqui

Ele vai agradecer e você não precisará se lembrar dele com remorso enquanto estiver visitando o Central Park. Ah, deixe as plantinhas de casa com esse sistema para ficarem viçosas até retornar. Aqui você aprende 9 maneiras de fazer isso.

“Você já foi a Bahia, nêgo?”

Uma boa ideia é você procurar conversar com quem já fez a viagem que você pretende começar. Informações importantes sobre a rota, detalhes da localidade como hospedagem, preços e passeios no destino. Procure saber se a viagem que deseja pode ser qualificada pelo nível de dificuldade: baixa dificuldade, média dificuldade ou alta dificuldade e pelo tamanho do gasto, barata, média ou cara. Isto pode ajudar muito na hora de definir o meio de transporte e com os detalhes na mala ou mochila.

Pense também em fazer um seguro de viagem. Existe um tipo de seguro que pode ser feito pelo período da sua viagem e garante sua tranquilidade para curtir com segurança, mesmo que você deseje escalar o Himalaia. Ou pode optar por um seguro de vida. Tudo depende do seu bolso e do nível de risco da viagem. Você sabe que tem gente que decide passar férias viajando no trem da morte, em Machu Pichu? Eu não!

Veja Como O Seguro de Viagens Pode Ser Mais Barato Do Que Você Imagina Fazendo Esta Simulação Gratuita

O mais importante de tudo

Aproveite para curtir o lugar onde estiver, conhecer a cultura local, provar as comidas típicas (vá com mais calma nesse item, mas não se deixe intimidar). Conheça os points, seja mais que um simples turista, seja um visitante, respeite as pessoas que estão recebendo você e procure conhecê-las. Respeite o local, a cultura de cada povo e suas crenças. Procure falar o idioma que as pessoas aceitam melhor naquela comunidade. Existem locais na espanha e na frança que falar inglês é igual a pedir para ser mal tratado (rsrsrs). Ao mesmo tempo evite imitar o sotaque ou o “jeito das pessoas”. O que o mineiro mais detesta? Alguém que vem de fora e começa a puxar o “rrr” e “comer letras” só para parecer igual.

Todos queremos tranquilidade e segurança, desde a hora que dicidimos pela viagem até o momento em que retornamos à nossa casa. Não perca isso de vista.

Mas, antes de tudo, divirta-se, divirta-se muito e recarregue as baterias para a sua jornada em casa e no trabalho.

Eu sou o Marcelo Figueiredo. Amo viajar e sou apaixonado por tranquilidade e segurança. Fale comigo: WhatsApp: (35) 9 9893-1891.
E-mail:marcelo@limefigueiredo.com.br.


Qual é o maior susto do mundo?

Qual é o maior susto do mundo?

Muita gente já se perguntou: Como estarei dentro de 10 ou 20 anos? Como posso lidar com imprevistos? Pensando nisto, escrevi esse artigo onde trato da importância do planejamento em nosso dia a dia. Falo também do que é e qual a estrutura do susto, algo que está muito presente na nossa vida, seja em um filme ou nos resultados inesperados de nossas atitudes.
Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

Seguro obrigatório para transportes e cargas. Vale à pena fazer.

O roubo de cargas no Brasil soma mais de 1 bilhão ao ano. em apenas um mês são roubadas mais cargas aqui do que é roubado em uma no na Europa. O seguro para transporte de cargas é obrigatório e, mesmo assim, algumas transportadoras e donos ainda o questionam, porém, já está provado que os custos de seguro são muito menores do que quando se tem que arcar com os prejuízos causados por acidentes e desastres inesperados.
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Viagem, 0 comentários