Diminuir custo do plano ou seguro saúde.

Diminuir custo do plano ou seguro saúde não é só uma opção, passou a ser uma necessidade diante do atual cenário. Os consumidores, ainda afetados economicamente pela pandemia, se deparam em 2021 com aumentos em cascata, que são impraticáveis para muitas famílias.

ALTERNATIVAS: Existem algumas alternativas para o consumidor diminuir o custo do plano de saúde ou seguro saúde. Uma é fazer portabilidade do seu plano para empresas concorrentes, estimulando a concorrência e diminuindo custos, podendo inclusive ficar isento de carências. Também pode optar por planos similares, excluindo alguns benefícios para baixar o custo, uma das opções é diminuir a rede credenciada. Outra opção é migrar para um plano regional.  Existem no Brasil 168 administradoras de benefícios de saúde. O objetivo deve ser de migrar para um plano igual ou similar com menor custo ou com algumas limitações, mais próximo possível dos benefícios que já possui e continuar garantido para casos mais graves e internações.

REAJUSTES: Os planos de saúde sofreram reajustes retroativos, elevando em muito o valor das mensalidades. A alta nos preços, considerando apenas os dados oficiais, chega a quase 50%, conforme aponta um levantamento divulgado nesta quarta-feira 03/02/21 pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor. Mas, a realidade pode ser ainda pior. Dados consolidados pelo Procon-SP apontam que há casos em que o aumento chegou a 113%. Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar, os planos individuais ou familiares podem ser reajustados em até 8,14%.

A disparada nos custos ocorre porque, além do reajuste anual referente a 2021, os planos de saúde foram autorizados a cobrar, retroativamente, os reajustes que foram suspensos pela Agência Nacional de Saúde (ANS) em 2020, em função da pandemia.

Segundo o levantamento do Idec, o acúmulo de vários tipos de reajuste elevou a mensalidade dos planos de saúde entre 12,21% e 49,81%. Para chegar a esses percentuais, a entidade fez seis simulações usando os valores indicados no Painel de Precificação da ANS, de julho de 2020.

Tem exemplo de reajustes que chega a 67%. Nesse caso, um consumidor além do reajuste normal de 2021, teve  retroatividade do reajuste de 2020, como coincidiu com mudança de faixa etária, foi considerado mais a atualização de valores por conta de mudança na faixa etária. Caracterizando assim o efeito cascata no reajuste, que acumulou 67% de aumento.

Percentuais médios de reajuste por tipo de plano.
Segundo o levantamento do Idec, para os usuários de planos individuais que tiveram apenas o reajuste anual suspenso em 2020, o aumento da mensalidade foi de 12,21% entre dezembro e janeiro. Já aqueles que sofreram, além do reajuste anual, também aquele referente à mudança de faixa etária, viram a mensalidade aumentar 34,99%.

Para os planos coletivos, que não têm os reajustes regulados pela ANS, os aumentos foram ainda maiores, segundo o Idec. A variação foi de 26,67% para quem teve apenas o reajuste anual, e de até 49,71% quando se acumulou com o de mudança de faixa etária.

Já para os planos coletivos de adesão, o aumento foi de 26,67% para quem teve apenas o reajuste anual, e de 49,81% quando se acumulou a mudança de faixa etária.

Reclamações: Aumento de 10.000% nas reclamações contra planos de saúde foram registradas junto ao Procon de SP, 962 reclamações referentes ao reajuste retroativo, bem como à falta de explicação sobre o cálculo dos reajustes. Em janeiro de 2020, o órgão recebeu apenas nove reclamações referentes aos planos de saúde, o que corresponde a um aumento de 10.000% no número de denúncias.
Mais de 30 milhões de consumidores estão recebendo boletos com reajustes sem qualquer informação, e sem transparência, justamente numa época em que se enfrenta uma das maiores crises sanitárias e econômicas de todos os tempos. Importante lembrar que por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o reajustes suspenso de 2020, devem ser cobrados em 12 parcelas a partir do mês de janeiro de 2021.

Com o objetivo de diminuir custo do plano ou seguro saúde, chequei a identificar algumas diferenças consideráveis entre planos de saúde e Seguro saúde. São duas modalidades diferentes, existem muitas opções boas no mercado e custos variados, com limite menor de reembolso, ou sem reembolso, com atendimento fora de rede credenciada, ou apenas em redes credenciadas, com atendimento nacional ou regional, com rede credenciada diferenciada, maior ou mais limitada. Dentre todas essas opções, pode existir uma que pode se enquadra melhor a sua realidade, atender sua principal necessidade, impactando menos no seu custo de vida.

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844, seu consultor de seguro saúde

 


Diminuir custo do plano ou seguro saúde.

Diminuir custo do plano ou seguro saúde.

Diminuir custo do plano ou seguro saúde não é só uma opção, passou a ser uma necessidade diante do atual cenário. Os consumidores, ainda afetados economicamente pela pandemia, se deparam em 2021 com aumentos em cascata, que são impraticáveis para muitas famílias. ALTERNATIVAS: Existem algumas alternativas para o consumidor diminuir o custo do plano de saúde ou seguro saúde. Uma é fazer portabilidade do seu plano para empresas concorrentes, estimulando a concorrência e diminuindo custos, podendo inclusive ficar isento de carências. Também pode optar por planos similares, excluindo alguns benefícios para baixar o custo, uma das opções é diminuir a rede…
Evitando danos ao veículo em enchente.

Evitando danos ao veículo em enchente.

Nos últimos anos tem sido muito frequente os danos ao veículo em enchentes. As chuvas extremas estão cada vez mais frequentes, com tendência de que isso possa se agravar ainda mais com o aquecimento global. Historicamente observamos no período de dezembro a março várias enchentes no território brasileiro, e várias matérias de jornal, divulgando veículos boiando nas águas de chuva, isso tem sido cada vez mais comum. Como então é possível evitar que esse tipo de situação ocorra como você?  O seguro compreensivo, que é conhecido popularmente como seguro total e  cobre os principais eventos que acontecem com as chuvas…
Seguro DPVAT veja o que mudou.

Seguro DPVAT veja o que mudou.

Seguro DPVAT sem cobrança em 2021. O Conselho Nacional de Seguros Privados já havia decidido que proprietários de veículos não precisam pagar o DPVAT em 2021, uma vez que há recursos em caixa suficientes para a operação. São valores pagos em anos anteriores e que não foram utilizados, de acordo com a Susep.  Uma eventual decisão sobre 2022 ainda terá de ser tomada pelo conselho. Em 2020, o DPVAT passou por redução de 68% para carros, passando para R$ 5,23, e de 86% para motos, chegando a R$ 12,30. Entenda as mudanças ocorridas e o que motivou essas mudanças. A partir desta…
Seguro para eventos da natureza.

Seguro para eventos da natureza.

Os brasileiros dão pouca importância para a contratação de seguro para eventos da natureza, ocorre que eventos climáticos vem causando muitos danos ao patrimônio dos habitantes em determinadas regiões do Brasil, isso vem ocorrendo com maior frequência no decorre dos anos. No Sul de Minas a região apresenta um clima característico de invernos secos e verões chuvosos. Nos períodos chuvosos estatísticas apontam um aumento nos eventos extremos. A ocorrência de episódios de chuvas intensas ou grande sequência de dias chuvosos, precipitações, ocorrências de granizos, vendavais e riscos de enchentes, tem se agravado nos últimos anos. Podemos observar esses eventos climáticos…

Cód do Rodapé 2

Diminuir custo do plano ou seguro saúde.
Diminuir custo do plano ou seguro saúde não é só uma opção, passou a ser uma necessidade diante do atual cenário. Os consumidores, ainda afetados economicamente pela pandemia, se deparam…
Evitando danos ao veículo em enchente.
Nos últimos anos tem sido muito frequente os danos ao veículo em enchentes. As chuvas extremas estão cada vez mais frequentes, com tendência de que isso possa se agravar ainda…
Seguro DPVAT veja o que mudou.
Seguro DPVAT sem cobrança em 2021. O Conselho Nacional de Seguros Privados já havia decidido que proprietários de veículos não precisam pagar o DPVAT em 2021, uma vez que há recursos em…
Seguro para eventos da natureza.
Os brasileiros dão pouca importância para a contratação de seguro para eventos da natureza, ocorre que eventos climáticos vem causando muitos danos ao patrimônio dos habitantes em determinadas regiões do…

Deixe uma resposta