Seguro Auto

Seguro veículos adesivados, uso comercial e propaganda, inclusive a política.

Seguro veículos adesivados, uso comercial e propaganda, inclusive a política.

Seguro para veículos adesivados tem diferença de tarifação por parte das seguradora, e pode gerar complicações na liquidação do sinistro se for contratado que o veículo não foi devidamente classificado.  Existem três classificações:

1- Veículo de passeio que além de possuir adesivos, possua sistema de som instalado e faça propaganda de produtos, empresas ou candidatos políticos. O seguro deverá ser enquadrado na atividade de uso para “fins publicitários”. Mesmo se esse uso ocorre por um curto período, como ocorre em alguns casos em período de campanhas políticas, a seguradora deverá ser informada e realizado o endosso de correção de categoria no período de campanha, sob pena de recusa de pagamento.

2- Veículo de passeio que possua adesivo e sejam utilizados para visitas a clientes, ou prestação de serviços, ou transporte de mercadorias, deverá ser enquadrado em uso comercial. Nesse caso, o segurado deverá informar a seguradora no ato de elaboração da proposta, sobre essa atividade, essa informação deve constar em apólice, a proposta de seguro deve ser enquadrar esse veículo como “uso comercial” e sua tarifação será calculada de acordo essa categoria. Caso o veículo esteja caracterizado como uso particular na apólice, num eventual sinistro a seguradora identificar essa  divergência, ela fica isenta de pagamento do sinistro.

3- Veículo de passeio que possua adesivo com divulgação de empresa ou de determinado candidato e seja utilizado exclusivamente para locomoção diária ao trabalho e/ou lazer, de uso particular, não é necessário comunicar a seguradora e promover qualquer mudança na proposta de seguro, nesse caso não tem desvio de finalidade, o veículo continuará como “uso particular”, não acarretando qualquer problema na liquidação de sinistro.

O segurado que tem um veículo de passeio, em períodos de campanha, resolve faturar um dinheirinho extra, é bom contabilizar o custo adicional para alterar junto a seguradora a tarifação do seguro, informando como uso para atividades publicitárias, sob pena de recusa do pagamento de sinistro, caso não seja feita essa alteração.

 

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844
What do you want to do ?

 

Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Auto, 0 comentários
Seguro temporário para carro

Seguro temporário para carro

Seguro temporário para carro, por tempo determinado, por demanda, PAY PER USE, Dinâmico, Pré-pago ou Curtos Períodos. Saiba quais critérios você tem que avaliar para saber se são vantajosos para você ou não.

Esse tipo de seguro pode ser vantajoso para um determinado perfil de cliente, que não é o consumidor habitual de seguro. Uma grande parte dos consumidores tradicionais de seguro de veículos não se enquadram no perfil de consumo desse tipo de seguro. Seguro temporário para carro, vem sendo apresentado em matérias pagas, com uma estratégia de marketing, divulgando ele como uma solução mais acessível, uma alternativa para consumidores que só querem pagar pelo tempo de uso, até ai tudo bem. Mas a matéria da uma falsa impressão de que ele é mais barato pelo fato da cobrança se dar somente em momentos de uso. Logo o consumidor pode deduzir, já que não usa o veículo em tempo integral, terá benefícios com esse novo produto. Não é bem assim, esse tipo de produto é vantajoso para quem usa pouco o veículo, tem necessidades específicas, quer fazer uma viajem para determinado local com risco bem maior. Vou explicar melhor algumas regras que você deve entender:

Existe uma taxa fixa, mínima, cobrada por mês, de acordo com o modelo do veículo, região de risco, perfil de cliente. É cobrado um adicional por km. rodado, por tempo de uso do veículo e pode haver cobrança adicional de acordo com avaliação de condutas no transito, ou seja você será monitorado para avaliar aceleração, frenagem, respeito às leis de trânsito, agressividade ao volante. A taxa paga é atualizada mensalmente de acordo com o uso do veículo, considerando os pontos mencionados acima. Podendo inclusive deixar o custo mensal maior que o seguro tradicional, dependendo da forma de conduzir, quantidade e tipo de deslocamento.

Outro critério que deve ser avaliado, você tem o habito de utilizar aplicativos? Tem que estar ciente que após baixar o aplicativo, deve comunicar a seguradora pelo aplicativo sempre que tiver interesse na cobertura. Caso não faça esse procedimento ficará sem garantias do seu seguro. E sempre que não tiver interesse tem que desativar o aplicativo.

Outra questão que deve ser avaliada, sempre que o veículo for utilizado por um terceiro, um amigo, cônjuge, filhos, a seguradora deverá ser comunicada.  No caso em que o segurado não estiver presente no veículo com seu celular, para o terceiro conduzir,  tem que estar baixado o aplicativo no celular do condutor para registro de deslocamento do veículo. Numa situação de emergência, em que o veículo é conduzido por terceiro, se esse procedimento não for realizado, veículo esta sem seguro.

Existe um  período em que o veículo está estacionado ou em garagem, ele não está sendo usando, mas ele está sujeito a um furto ou de ser colidido por terceiros, que pode inclusive se evadir do local. O local tem que oferecer muita segurança para que o veículo não esteja exposto a esse tipo de risco, o que nem sempre acontece. Se não está usando o veículo nesse período, não vai acionar o aplicativo, nesse caso estará sem seguro.

Para quem esse tipo de seguro é interessante? Clientes que usam pouco o veículo, no período em que não esta usando possa guardar em local muito seguro, não costumam emprestar o carro, tem facilidades de manusear aplicativos, estão sempre atentas para não esquecer de comunicar seus deslocamentos, tem ótima conduta no trânsito, vai fazer deslocamento para um grande centro ou local de grande risco. Uma soma de fatores que beneficiam um determinado perfil de usuário, inclusive aqueles que não fazem seguro tradicional e querem cobertura para uma viajem específica. Se o seu perfil se enquadra nessas categorias, o seguro por tempo determinado vai atender suas necessidades. Do contrário, a melhor opção é o tradicional.

Pessoas que utilizam o veículo diariamente ou com determinada frequência, não serão beneficiadas com essa modalidade de seguro. Mais uma vez ressalto a importância do corretor, um profissional de seguros com o devido conhecimento, consciente dos direitos e deveres do segurado e que coloca esse conhecimento a disposição do seu cliente, principalmente em dois momentos importantes, na adequação do produto de acordo com as necessidades do consumidor de seguro e no suporte ao atendimento, garantindo agilidade, benefícios e direitos do segurado, que estão previstos nas condições gerais dos contratos de seguros, informações essas que a maioria desconhece.

Faça agora uma simulação de Seguro Auto. Seu bem e sua família merecem segurança e tranquilidade

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844


Seguro veículos adesivados, uso comercial e propaganda, inclusive a política.

Seguro veículos adesivados, uso comercial e propaganda, inclusive a política.

Seguro para veículos adesivados tem diferença de tarifação por parte das seguradora, e pode gerar complicações na liquidação do sinistro se for contratado que o veículo não foi devidamente classificado.  Existem três classificações: 1- Veículo de passeio que além de possuir adesivos, possua sistema de som instalado e faça propaganda de produtos, empresas ou candidatos políticos. O seguro deverá ser enquadrado na atividade de uso para "fins publicitários". Mesmo se esse uso ocorre por um curto período, como ocorre em alguns casos em período de campanhas políticas, a seguradora deverá ser informada e realizado o endosso de correção de categoria no…
Seguro para veículos de leilão, sinistrados ou recuperados.

Seguro para veículos de leilão, sinistrados ou recuperados.

Seguro para veículo recuperado, em alguns casos existe uma dificuldade de aceitação no mercado segurador para veículos recuperados, por motivo de roubo ou furto, outros de leilão de financeiras, seguradoras e por último os veículos que sofrem acidentes e são registrados pela polícia no sistema do DETRAN como média monta. A aceitação de seguro para esses veículos obedecem critérios das seguradoras que variam de uma companhia para a outra. Algumas seguradoras limitam o valor de indenização do seguro entre 80% a 90% do seu valor de mercado, mantendo das demais garantias idênticas dos veículos sem essas características. Outras seguradoras exigem…
Seguro vendaval para residência.

Seguro vendaval para residência.

A importância do seguro vendaval para residência se dá a partir de uma constatação. Desde o início do século XX o Brasil registra o aumento de números de tornados. Recentemente tivemos a ocorrência no Estado de Santa Catarina do Tornado Bomba, registrando grandes estragos nas cidades e zona rural. Em 2016 no Estado de São Paulo foram registrados aproximadamente 08 tornados. Há mais tornados registrados em São Paulo do que qualquer outro estado, mas Rio Grande do Sul é o Estado com maior frequência, pois a população desse estado é mais baixa, o que faz com que esses fenômenos passem despercebidos.…
Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy registra aumento na procura porque existem vários fatores que apontam para crescimento dos índices de acidentes nessa profissão. Consequência em função do grande fluxo no trânsito, aumento de motos transitando por conta da sua facilidade de locomoção, aumento do número de entregadores, forma de condução, quanto mais rápido, maior será o número de entregas, o que gera bônus de produção. No período de pandemia, ocorreu uma procura maior por esse tipo de profissional, situação que culminou com perda de postos de trabalho em outras áreas, onde algumas pessoas migraram para esse seguimento, enxergando uma oportunidade…
 
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Notícias L&F, Seguro Auto, 0 comentários
O carro ferveu. Saiba o que fazer antes de acionar seu seguro auto

O carro ferveu. Saiba o que fazer antes de acionar seu seguro auto

O carro ferveu, antes de acionar o serviço de guincho da seguradora tome algumas medidas preventivas. O seguro só cobre danos ao motor no caso de colisão e enchentes, mas disponibiliza guincho em todas as situações de danos ao motor. Saiba o que fazer para minimizar ou evitar riscos de danos ao seu motor:

Nos automóveis o motor deve trabalhar a uma determinada temperatura. Nem muito acima nem muito abaixo de 90°Celsius. Quando o sistema de arrefecimento falha, o motor aquece além desta medida e ferve.

Como funciona o sistema de arrefecimento?

lima e figueiredo seguros

Composto principalmente pelo radiador, válvula termostática, mangueiras, sensores de temperatura e vaso expansor, o sistema de arrefecimento é responsável por manter a temperatura de trabalho do motor, trocando o calor do motor com o meio ambiente. Para fazer isso com eficiência ele utiliza a água ou o fluído de arrefecimento que circula pelo motor e faz sua refrigeração, ou seja, o líquido circula pelo motor e chega até o radiador, onde se resfria e reinicia o fluxo. Esse fluxo é controlado pela válvula termostática que fecha a passagem do líquido quando o motor esfria e libera quando o motor ultrapassa a temperatura de trabalho, aqueles 90° Celsius que falei.


  • Radiador

    Dispositivo utilizado para troca de calor entre o ar atmosférico e outra substância (líquido de arrefecimento) em sistema fechado. O sistema fechado e pressurizado é o mais comum desde os anos 80 e ele não permite a evaporação do líquido de arrefecimento. O radiador é formado por uma série de canais (tubos ou colmeias) que permitem a passagem do ar entre eles, isso retira o calor do líquido. Esta peça pode ser encontrada em qualquer tipo de motor refrigerado à água, veículos de todos os tipos, tratores, máquinas agrícolas, entre outros.

  • Válvula termostática

    É um dos principais componentes do sistema e tem por função bloquear a passagem de água do motor para o radiador sempre que o motor estiver abaixo da temperatura de trabalho.

  • Mangueiras

    As mangueiras são responsáveis por levar o líquido até o radiador. O líquido passa pelo motor sem tocar suas partes móveis e segue para o radiador, passando pela válvula termostática.

  • Ventoinha

    A ventoinha funciona em conjunto com o radiador e joga ar diretamente nele. Isso faz com que o líquido resfrie mais rápido.

  • Líquido de arrefecimento

    Em geral o líquido de arrefecimento é uma mistura de água desmineralizada e aditivos específicos. O aditivo transforma a água em um fluido apropriado ao bom funcionamento e proteção do sistema de refrigeração do motor. ” O líquido faz a troca de calor, ganhando calor quando passa pelo motor e perdendo ao passar pelo radiador”, explica Fernando Landulfo, instrutor do SENAI-Vila Leopoldina, no site omecanico.com.br

Antes de qualquer coisa, mantenha a cabeça fria

mantenha a cabeça fria

Começou a sair vapor pelo capô do carro. Quem já passou por isso, sabe o tamanho do susto. Em geral é desesperador e a primeira impressão é que ocorreu um problema grave, o que, nem sempre se confirma.

Quando acontecer, procure parar o mais rápido possível, lembre-se de estacionar em segurança. Cortar o movimento do motor o mais rápido possível pode, nessas ocasiões, garantir que o motor não sofra danos, já que o superaquecimento, em casos extremos, pode levar o motor a fundir.

Levante o capô com cuidado, evitando aproximar o rosto ou os braços de maneira descuidada. A água que está circulando por alí e mesmo o vapor está em alta temperatura e pode provocar queimaduras graves se atingir partes do seu corpo.


IMPORTANTE!

Jamais abra a tampa do radiador ou do depósito de líquido com o carro aquecido.

O próximo passo é dar tempo ao tempo. Aguarde até que o motor esteja totalmente frio. Isso pode demorar mais ou menos dependendo do tanto que o motor tenha aquecido e da temperatura ambiente.

Assim que o motor esfriar

Não ligue o carro. Antes de tentar acionar o motor novamente, verifique o nível de líquido. Observe se há água no reservatório e procure por algum tipo de vazamento mais visível, nas mangueiras próximas ao conjunto do radiador.

As razões para um “carro ferver” podem ser variadas, as mais comuns são mangueiras quebradas (o tempo de uso pode ressecá-las) que provocam o vazamento do líquido e o consequente aquecimento do motor. Tampa do radiador mal colocada e travamento da válvula termostática também podem levar o motor a trabalhar superaquecido.

Coloque água no reservatório

Confira o nível da água e complete com o que for necessário. Se você identificou algum vazamento, esta é uma boa hora para ver se o reservatório vai esvaziar rapidamente. Uma mangueira quebrada ou furada pode fazer com que a água baixe de nível tão rápido que não valerá à pena nem tentar dirigir novamente antes de ir ao mecânico. Em alguns casos o vazamento pode ficar oculto e só recomeçar com o motor em movimento. Fique atento.

O nível do líquido está normal e o carro ferveu

Neste caso a falha pode ser elétrica ou mecânica e o melhor é não ligar o carro novamente. A ventoinha, por exemplo, pode não ter acionado. Esta peça age como um ventilador em conjunto com o radiador e ajuda no resfriamento do líquido. Ela deve acionar automaticamente sempre que o motor atinge determinada temperatura (entre 70 e 90°). O travamento da ventoinha pode acontecer por diversas razões, entre elas a falta de energia (um fio quebrado). Acione o guincho e reboque seu automóvel. Criei um post que resume os procedimentos em caso de sinistro, e pode ajudá-lo na hora de acionar o seguro auto.

Baixe esse infográfico: O passo a passo do acionamento com Seguro Auto

Fique de olho no painel

fique de olho no painel

O painel de instrumentos conta com um termômetro que indica o nível de aquecimento do motor. Geralmente ele começa muito frio quando você liga o motor e começa a andar. À medida que o veículo se desloca o nível vai subindo até determinado ponto e se mantém na área verde. Se o indicador, analógico ou digital, apontar uma aquecimento anormal, procure parar e desligue o motor o mais breve possível.

Se você parou o carro por causa do aviso no painel e não observou fumaça de vapor no capô, em geral é uma indicação de que o motor está seco. Aguarde que ele esfrie (isso pode demorar mais do que você pensa: entre 40 minutos e uma hora ou mais, dependendo de como você estava dirigindo. Em trânsito pesado o carro aquece mais), observe o nível do reservatório e coloque água. Volte a ligar o carro e dirija-se a um mecânico o mais breve possível e relate o problema.

Se você forçar o motor ao trabalho com superaquecimento os problemas podem ser graves. Andar como carro super aquecido pode levar ao comprometimento do sistema de arrefecimento, do cabeçote e até a um motor fundido em último caso. Não experimente. Se você está em dúvida, evite, chame o socorro.

Faça agora uma simulação de Seguro Auto. Seu bem e sua família merecem segurança e tranquilidade

Tem como evitar o superaquecimento?

A manutenção preventiva é uma indicação segura, sempre confira os níveis de líquido. Faça isso pela manhã, antes de ligar o carro. Em geral, a troca do líquido de arrefecimento deve ser feita apenas de acordo com o manual de manutenção do seu carro, o máximo que você deve fazer em casa é completar até o nível. Alguns mecânicos indicam ligar o ar quente no máximo de potência quando o termômetro indicar o aquecimento do motor. Isso serve como paliativo já que o que aquece o ar é a água e isso vai forçar a troca do ar, completando o ciclo e minimizando o problema. Mas, lembre-se, isto é apenas um paliativo para você seguir mais um pouco até poder estacionar com segurança.

Eu sou o Marcelo Figueiredo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844. Quero conhecê-lo cada vez mais para atendê-lo cada vez melhor.

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844

Seguro vendaval para residência.

Seguro vendaval para residência.

A importância do seguro vendaval para residência se dá a partir de uma constatação. Desde o início do século XX o Brasil registra o aumento de números de tornados. Recentemente…read more →
Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy registra aumento na procura porque existem vários fatores que apontam para crescimento dos índices de acidentes nessa profissão. Consequência em função do grande fluxo no…read more →
What do you want to do ?

New mail

What do you want to do ?

New mail

Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Auto, 0 comentários
Como proceder em caso de sinistro para seguros de automóvel

Como proceder em caso de sinistro para seguros de automóvel

Como proceder em caso de sinistro para seguro de automóvel

Sinistro é o termo utilizado para designar eventos em que um bem segurado sofra danos que devem ou não ser cobertos pelo seu seguro. Nos casos de Seguro Auto, os sinistros podem ser parciais ou integrais, com vítimas ou sem vítimas.

Os procedimentos na hora de um sinistro dependem de cada caso, mas, em geral, as pessoas não sabem como agir. Muita gente me pergunta sobre isso e resolvi fazer um passo a passo que vai facilitar e minimizar as dificuldades nessa hora.

Manter a calma é um ponto primordial. Respire fundo e procure reconhecer a extensão correta do acidente, observe os envolvidos, os danos causados, e, em caso de vítimas, procure socorrê-las. Lembre-se que os primeiros socorros podem ser cruciais para o salvamento de uma vítima de acidente no trânsito, mas você não deve agir sem conhecimento.

Muita prudência ao fazer esse tipo de socorro. Se for o caso, não toque na vítima e chame paramédicos através do telefone de urgência. Lí vários artigos sobre isso e separei esse para você, “Veja como socorrer vítimas de acidente de carro” .
Acidente com vítima.

Não importa onde tenha ocorrido o acidente, em uma auto estrada ou na rua de uma pequena cidade, se há vítima, procure seguir o passo a passo abaixo:


  • Tire fotos do carro, da posição em que está na hora do sinistro. Registre os danos. Fotografe a Carteira Nacional de Habilitação – CNH, o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo – CRLV e faça o mesmo procedimento para o veículo de terceiro, se for o caso. Estas imagens podem ser muito úteis, principalmente junto à seguradora.
  • Não retire o carro do local e acione a polícia. Lembre-se, em casos de acidentes com vítimas é obrigatório o registro da ocorrência através do Boletim de Ocorrência – B.O. e a polícia tem que comparecer ao local.
  • Se for necessário guinchar o carro, entre em contato com o 0800 da seguradora ou com seu corretor de seguros e solicite esse serviço quando o veículo estiver liberado pelas autoridades locais, não se esqueça de solicitar um táxi para você e acompanhantes.
  • Fique atento ao limite de quilometragem para serviço de guincho, quando houver essa limitação no seu contrato, caso exista uma diferença superior a contratada, encaminhe o veículo para uma oficina referenciada da seguradora mais próxima e faça o retorno ou continue a viagem com o serviço de táxi, para o táxi não existe limite de Km. Agindo assim você não corre o risco de pagar adicional de km. do guincho.
    Posteriormente você terá direito a outro táxi para resgate do veículo, quando seu veículo já estiver reparado.

Seu corretor deve ajudá-lo nesta hora, veja como


  • Comece enviando os seguintes dados para seu corretor de seguros (o agente ou consultor que lhe vendeu o seguro):
    Cópia do B.O.
  • As fotos que você capturou (em geral com seu celular) na hora do sinistro
    Fotos do DUT e CNH

    Faça uma narrativa objetiva do acidente, mencionando a data, hora, local

    Informe endereço e telefone da oficina de sua confiança, ou solicite a ele que indique uma oficina referenciada da seguradora.

    Seu corretor deve fazer o comunicado junto à seguradora e acompanhar todo o processo até o pagamento da indenização e/ou fechamento do caso. Por isso é importante ficar atento ao contratar um seguro, procure sempre uma corretora séria e especializada, com histórico de bom atendimento ou você terá que resolver tudo sozinho através do 0800 da seguradora.

  • Para saber como identificar um profissional sério leia esse artigo: Seu corretor de seguros é a garantia da sua tranquilidade.

Fique atento: Nos casos de acidente com vítimas no veículo segurado solicite no 0800 da seguradora o serviços de ambulância, se a vítima já tiver sido removida do local por viatura conveniada de alguma administradora de rodovia, você pode acionar o serviço para encaminhar a outro hospital que ofereça uma melhor estrutura. No caso de falecimento existe o serviço de translado de corpo.

Sinistro sem vítima

Nesse caso, o Boletim de Ocorrência não é obrigatório, mas, facilita o trabalho do analista da seguradora, é ele quem autoriza o pagamento da indenização. No entanto, quando o B.O é apresentado agiliza a liberação do processo.

  • A polícia não comparece no local quando não existe vítima. Você pode realizar o boletim via internet na delegacia virtual, aprenda aqui a registrar o B.O. pela internet.
  • Tenha em mãos, as fotos do carro e os documentos do condutor (DUT e CNH), além do endereço e referência de local onde o sinistro ocorreu.
  • Se houver terceiros envolvidos, tire fotos do DUT, da CNH e do veículo com sua respectiva placa.
  • Seu corretor é o responsável por acompanhar o processo e auxiliá-lo. envie todos os dados a ele. Leia o que já falei sobre isso, acima, nesse mesmo post.
  • Se não possui corretor você deve fazer o comunicado no 0800, no site da seguradora ou pelos aplicativos via smartphone ou tablet e enviar toda documentação para a seguradora.

Lembre-se: A escolha da oficina é livre, fica por conta do segurado. Nas oficinas referenciadas da seguradora você conta com alguns benefícios, como desconto na franquia, parcelamento, aumento no período do carro reserva e mais a garantia do serviço por um ano, dada pela seguradora.

Sinistro de Furto e Roubo

O furto e roubo de automóveis são sinistros corriqueiros no dia-a-dia, principalmente das grandes cidades. Nesses casos é obrigatório o registro de ocorrência e ele só poderá ser feito diretamente na delegacia. Para furto e roubo de carros os DETRANS não disponibilizam o B.O. pela internet. Veja mais informações sobre os detrans e sobre a nova CNH.

  • Vá até a delegacia mais próxima e registre a ocorrência. Caso o documento do veículo ou qualquer outro documento pessoal e objetos de valor tenham sido furtados com o carro, informe isso também no B.O.
  • Entre em contato com sua seguradora ou com seu com seu corretor, como indicado acima. Tenha em mãos as seguintes informações:

Para indenização integral do veículo a maioria dos documentos devem ser originais.


  • Formulário fornecido pela seguradora com pedido de indenização, assinado pelo segurado com firma reconhecida.
  • DUT- Documento Único de trânsito.
  • CRLV – Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo. É o recibo de compra e venda, preenchido em nome da seguradora e assinado com reconhecimento de forma.
    Manual do veículo.
  • Boletim de Ocorrência.
  • Chave original e reserva no caso de furto ou apenas chave reserva no caso de roubo.
  • Comprovante de endereço, recente em nome do segurado ( cópia simples )
  • CNH do condutor (cópia simples )
  • Comprovante bancário em nome do segurado para depósito da indenização (cópia simples)
  • Caso o veículo segurado não esteja em nome do segurado é necessário uma declaração do proprietário legal registrada em cartório, autorizando a seguradora a pagar o veículo diretamente ao segurado
  • Para veículos alienados o segurado tem a opção de quitar o veículo e receber o total da indenização ou fornecer à seguradora um boleto, com prazo, para que ela proceda a quitação do débito junto à instituição financeira e posteriormente, após a baixo do gravame, será depositada a diferença na conta do segurado
O documentos acima mencionados são para casos de furto, roubo e também quando é caracterizada perda total do veículo.
Perda total é quando os danos apurados no veículo sinistrado em colisão, são iguais ou superiores a 70 ou 75% do seu valor de mercado. A seguradora recolherá o veículo e indenizará o segurado sobre o valor integral do bem.
Segurança não deve ser deixada para depois
Remediar é pior que precaver, portanto, tome alguns cuidados para sua segurança e para a segurança do seu automóvel. Procure estacionar em locais seguros, sempre verifique o ambiente da rua na hora de entrar ou sair em sua garagem, lembre-se de trancar o carro e nunca deixe a chave na ignição. Se for visitar um amigo em um local desconhecido, prefira não deixar seu carro estacionado na rua durante a noite, coloque o cinto de segurança alguns segundos depois de começar a andar com o automóvel, tome cuidado com a parada em sinais vermelhos ou piscantes durante a noite. Dirija com cuidado, atenção e obedeça a legislação de trânsito.
Fazendo isso você estará dificultando a ação de furto ou roubo do seu auto.

Eu sou o Marcelo, CEO da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo durante toda sua jornada, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844.

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844 Acho que você pode se interessar também por:

Seguro vendaval para residência.

Seguro vendaval para residência.

A importância do seguro vendaval para residência se dá a partir de uma constatação. Desde o início do século XX o Brasil registra o aumento de números de tornados. Recentemente…read more →
Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy registra aumento na procura porque existem vários fatores que apontam para crescimento dos índices de acidentes nessa profissão. Consequência em função do grande fluxo no…read more →
What do you want to do ?

New mail

Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Auto, 2 Comentários
Nova Carteira Nacional de Habilitação, em vigor desde janeiro.

Nova Carteira Nacional de Habilitação, em vigor desde janeiro.

Detalhes da nova CNH

O CONTRAM- Conselho Nacional de Trânsito, determinou em maio de 2016,através de Resolução, uma série de mudanças nas CNH’s (Carteira Nacional de Habilitação). As alterações visam ampliar a segurança do documento, dificultando falsificações.

De acordo com as normas que regem a mudança, o motorista não precisará se preocupar com a troca imediata do documento, já que a validade das carteiras expedidas até dezembro de 2017 continuarão válidas até seus vencimentos ou até o momento em que o motorista necessitar fazer alguma alteração.

As mudanças acrescentam dados, facilitam a identificação e incluem itens de segurança, como papel com marca d’água, tintas de variação ótica e fluorescente e imagens ocultas. Confira na imagem abaixo:

A expedição de Carteira de Habilitação é apenas um dos serviços do Detran

As trocas de CNH’s, assim como transferências de automóveis, verificação de pontuação em Carteira Nacionais de Habilitação, implantação de recursos sobre multas, entre outras coisas, precisam ser feitas direta ou indiretamente no Detran. Cada Estado tem o seu Detran e algumas leis podem ser específicas e valerem apenas dentro do Estado, como é o caso do Paraná, onde a transferência de automóvel, fora do prazo de 30 dias, não gera pontuação na carteira de habilitação, já em Minas Gerais, esse atraso pode criar a dor de cabeça da pontuação, além das multas.

Se informar é o melhor caminho

Mesmo que você se utilize de terceiros, como despachantes ou corretores para te ajudarem a resolver problemas legais junto ao Detran, é mais seguro se você se mantiver informado, neste sentido, publicamos os links para os Detrans de todos os Estados, assim, você pode fazer com facilidade sua pesquisa.

Detrans em todo o Brasil

ACRE ALAGOAS AMAPÁ AMAZONAS
BAHIA CEARÁ DISTRITO FEDERAL ESPÍRITO SANTO
GOIÁS MARANHÃO MATO GROSSO MATO GROSSO DO SUL
MINAS GERAIS PARÁ PARAÍBA PARANÁ
PERNAMBUCO PIAUÍ RIO DE JANEIRO RIO GRANDE DO NORTE
RIO GRANDE DO SUL RONDÔNIA RORAIMA SANTA CATARINA
SÃO PAULO SERGIPE TOCANTINS

Eu sou o Marcelo Figueiredo, da Lima e Figueiredo Seguros. Nossa missão é informar o cliente e atendê-lo durante toda sua jornada, desde a compra até o acionamento em caso de sinistros. Conte comigo. Envie suas dúvidas e comentários ou fale diretamente pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844

Converse agora comigo pelo WhatsApp (35) 9 8898-4844

 

Acho que você pode se interessar também por:
Alguns dos serviços do seguro auto

Entenda a diferença entre DPVAT, RCF-V e APP

Como Abrir um B.O Pela Internet

Precisei Acionar o Seguro, e Agora?


Seguro vendaval para residência.

Seguro vendaval para residência.

A importância do seguro vendaval para residência se dá a partir de uma constatação. Desde o início do século XX o Brasil registra o aumento de números de tornados. Recentemente…read more →
Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy

Seguro de vida para motoboy registra aumento na procura porque existem vários fatores que apontam para crescimento dos índices de acidentes nessa profissão. Consequência em função do grande fluxo no…read more →
Escrito por Marcelo Figueiredo Em Seguro Auto, 0 comentários